Buscar
  • Cardápio Web

Como abrir um delivery em casa

Montar um delivery em casa foi sem dúvida um dos maiores investimentos dos brasileiros no último ano. A ideia de fazer produtos para pronta entrega com o auxílio das ferramentas atuais de divulgação nas redes sociais e dos aplicativos de delivery se tornou uma tendência de mercado. Você já pensou em fazer a venda dos seus produtos assim?


Saiba que essa pode ser uma ótima oportunidade para uma renda extra ou quem sabe para que você monte de vez o seu próprio negócio. Nesse artigo estão algumas dicas de como começar nesse universo das vendas de delivery vendendo de casa


A tomada de decisão


Investir em um negócio requer não somente capital e mão de obra, mas também a decisão e o planejamento de metas a serem conquistadas. Visualize todos os dias onde quer chegar com o trabalho que irá iniciar e não espere as condições ideais para tanto. Liste as ferramentas que você já tem e os conhecimentos que você almeja adquirir para melhorar sua "performace" em um tempo pré-definido.


Não deixe de procurar informação sobre como melhorar a qualidade dos seus produtos, do que você quer vender. Faça uma pesquisa frequentemente sobre as novidades que você pode implementar e arquive-as para formular um verdadeiro banco de dados para ser usado por você posteriormente.


Se você trabalha sozinho e quer ter somente um entregador como funcionário, por exemplo, virar Microempreendedor individual (MEI) pode ser também uma boa opção para começar. Criar um CNPJ abre muitas vantagens de crédito e benefícios como o auxílio doença.


Comece pelo que você tem


Escolha bem o segmento com o qual você quer trabalhar e use o que tem em casa, se você quer trabalhar com lanches, faça um molho diferenciado com o seu tempero, com o seu recheio. Saiba pra quem quer vender e veja suas opções conforme o perfil de consumo, o que facilmente é mais consumido na forma de delivery onde você vai fazer as suas entregas.


É válido também iniciar a venda entre família e amigos antes de partir direto para um delivery, fazer parcerias com comerciantes do bairro e outros lojistas também é uma estratégia válida.


Faça compras no atacado e procure parcerias direto com fornecedores para pegar sempre produtos frescos e com o melhor valor de mercado, mas não vale comprar produtos de qualquer qualidade também, se possível invista em receitas caseiras e em uma boa refrigeração para manter sempre a durabilidade adequada.


Em nenhum momento a qualidade do produto pode ser deixada de lado, uma boa comida é essencial para que o seu cliente volte a comprar no seu negócio e assim você consegue construir uma base estável de clientes logo no início. Para tanto, inicie com um cardápio que você domine, consiga dar conta quando for vender, mesmo que inicialmente só tenha dois produtos disponíveis, por exemplo. Verifique quais adicionais podem ser incluídos, além de bebidas e sobremesas, para aumentar o valor médio de cada compra.


Divulgação



Crie o quanto antes a sua marca, use aplicativos de design para criar uma logo original e tire boas fotos dos seus produtos. Abra uma conta comercial no Instagram, no Facebook e use o Whatsapp Business para receber os pedidos e criar mensagens automáticas.


Nas suas redes sociais, procure manter a interação com o público, use aplicativos como o Canva para fazer publicações com um ar mais profissional, não deixe de investir na visibilidade da sua marca e mantenha a constância nas publicações.


Considere também fazer uma publicidade paga, elas aumentam muito a visualização do seu perfil e podem ser um divisor de águas na primeira semana que o seu negócio estiver funcionando.


Faça sempre as contas dos seus gastos iniciais e com produtos para saber precificar bem as suas vendas e projete em quanto tempo atingirá a sua meta do mês. Formule planilhas de gastos e inclua todos os custos possíveis, não só de insumos, mas também de tempo. Calcule o preço da sua hora de trabalho e se é possível adiantar etapas no serviço final.


Delivery


Inicialmente, veja se você mesmo pode fazer a entrega dos seus produtos. Em seguida, pesquise sobre os aplicativos de entrega que mais são utilizados na sua cidade. Ifood e Uber Eats, por exemplo, estão entre os mais populares e podem ter um ótimo custo benefício para quem está começando.


Sobre o ifood, atualmente a plataforma disponibiliza dois planos, o básico sem entregador que custa R$ 100,00 e o com entregador, no valor de R$ 130,00. Ambos ainda cobram um percentual sobre cada venda, 12% no primeiro e 27% no segundo. Então vale a pena ficar atento às possibilidades que o aplicativo pode te oferecer. Entrega grátis, cardápio com boas fotos, cupons e rápido preparo podem ser funcionalidades capazes de aumentar suas vendas e suprimir essa base de despesa com a própria plataforma. Use todos os recursos que puder para vender mais e fazer sua marca ser conhecida e recomendada.


Vale se atentar também para o tempo de preparo e de entrega, se você faz um prato fresco e ele chega na casa do cliente já frio e úmido, isso vai pesar na sua avaliação, então otimize sua entrega para que ela seja a mais rápida possível e use alimentos que suportem melhor esse período a mais até chegar à mesa do cliente. Se necessário, estude a possibilidade de contratar mais um entregador.


Para contratar esse tipo de serviço é preciso ter as contas e o percentual que você tem para investir muito bem delimitados, vale o esforço de manter o controle dos gastos em dias para que futuramente eles girem em torno de melhorias em infraestrutura, como a compra de uma chapa ou fogão industrial. Usando ferramentas do tipo é importante sempre ficar atento ao lucro final, o valor que realmente vai ser seu após todas as despesas com insumos e entrega, após todos os gastos.


A médio prazo é importante investir em uma plataforma própria de cardápio digital para evitar essas taxas para clientes fidelizados, tendo em vista que através de uma plataforma própria, é possível vender sem pagar taxas, o que é melhor tanto para você quanto para o seu cliente final, que pode pagar menos.


É possível sim abrir um delivery de sucesso em casa e lucrar bastante, mas para tanto, não basta começar a trabalhar sem qualquer conhecimento de como esse tipo de negócio funciona. Esteja atento às tendências de mercado e mantenha a organização e o profissionalismo ainda que o trabalho seja doméstico e familiar. Bons resultados também dependem disso.


46 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo